voltar

OS ANIMAIS, NOSSOS IRMÃOS INFERIORES.

  Nossos irmãos, os animais, são também como nós consciências em evolução, criaturas de Deus que merecem todo o nosso respeito e carinho.
  Estão aqui para aprender, como também para nos ensinar, basta que possamos observá-los.
  O amor incondicional é uma dessas lições, pois nos amam sem nada exigir, apenas necessitam de atenção, alimento, carinho e amor e muitas vezes mesmo apanhando, são submissos e amorosos e não guardam rancor.
  Muitas pessoas têm por hábito aliviar as suas frustrações e seu estresse maltratando seu animal, porém mesmo açoitado, logo vêm abanando seu rabinho ou ronronando, nos ensinando a doce lição do perdão.
  Submissos, os animais estão sempre prestes a servir, colaborando com o homem em seus afazeres.
  Uns são guardiões de nossas casas, outros doam suas vidas para nos alimentar, outros ainda são cobaias para ciência e outros nos auxiliam nos trabalhos pesados como exemplo: o cavalo e o boi.
  No entanto, mesmo colaborando conosco, muitos ainda são maltratados e até dizem:
  -É apenas um animal!
  Porém eles também sentem fome, frio e sede. Sentem alegria e tristeza, como também sentem dor, pois dentro de seus corações palpita a Força Divina que lhe deu a vida.
  Se os homens procurassem observar que os animais vieram para compartilhar experiências de aprendizado e que estão aqui para aprender conosco, como também nos ensinar, muito se faria em pró da natureza, que há tempos vem sendo maltratada por aqueles que se acham donos de tudo e podem fazer o que querem, com tudo o que DEUS criou.
  Necessário se faz e urgentemente que o homem mude o seu conceito perante essas criaturas.
  Que amem e respeitem mais a natureza.
  Que não procurem explorar os animais e quando não lhes servirem mais, não os descartem como se fossem um simples objeto, abandonando-os pelas ruas.
  Eles também sentem saudades, e muitos morrem até de tristeza.
  Porém a tudo e a todos Deus está observando e como estão sendo tratadas as suas obras.
  Apesar de estarmos em níveis diferentes, somos todos filhos do mesmo Pai, pois todos somos obras de Sua Criação e amá-los e respeitá-los é o dever de cada ser que se diz cristão, pois assim estaremos compartilhando para um maior equilíbrio do nosso meio-ambiente.
  Quem tem um animal em casa aproveite para olhar em seus e olhos e perceber que na pureza de seu olhar estará DEUS te dizendo:
  - “Aqui está um pedacinho de mim. Não me maltrate, pois eu preciso de você e você de mim”.

APARECIDA

voltar