voltar

KATRINA PASSOU E DEVASTOU...

  No dia 29 de agosto de 2005 o furacão Katrina passou pela cidade de New Orleans, deixando para trás um rastro de devastação e caos. Momentos que ficarão na memória de todos aqueles que viveram essa catástrofe e hoje tentam se recuperar desse triste episódio vivido naqueles dias.
  Como não deixarmos de refletir em nossa fragilidade perante o poder da natureza, apesar de tantos recursos tecnológicos. Porém o que se presenciou foi à solidariedade se manifestando, ajudando a salvar vidas. Ali não existiam pobres nem ricos, preconceitos de raça ou cor. O que havia era a grande vontade de viver, necessitando de muito equilíbrio emocional para aguardar a chegada de ajuda, pois o desespero e a impaciência, só contribuiriam para que a situação se tornasse mais difícil.
  Vejam a importância da preparação interior. De se estar cada vez mais centrado, com base alicerçada na fé e na coragem, para ultrapassar os momentos de dificuldades. São exemplos de seres que ficaram registrados na história daquele local e que deixaram ensinamentos, para tantas consciências que por muito pouco se entregam à depressão, desvalorizando a vida que Deus os concedeu.
  Precisamos retirar destes fatos, exemplos que possam nos trazer valores, os quais foram deixados para trás nesta busca incessante pela matéria. Valores que muito nos auxiliam nos momentos de grandes dificuldades e que sem eles, não temos as chances de sobrevivência.
  O Katrina nos trouxe muitos ensinamentos, nos mostrando a importância de se estar preparado para os obstáculos, que surgirem em nosso caminho. Porém, também veio nos alertar o quanto à força da natureza é capaz, servindo como reflexão para que possamos pensar na questão do meio ambiente, pois todo os maus-tratos que ela vem sofrendo, acabará se refletindo em nossas vidas.
  O importante é que façamos cada um a nossa parte, com ações e divulgações, preservando, não desperdiçando e respeitando. Levando a conscientização àqueles que ainda não compreendem que fazemos parte de uma grande cadeia alimentar e por isso precisamos manter o equilíbrio no ecossistema, para que a vida possa prosseguir.
  Guerras, poluição, desmatamentos, queimadas, maus-tratos a animais são alguns dos exemplos de destruição e o aquecimento global, uma das suas conseqüências.
  Não há necessidade de se evoluir pela dor, podemos evoluir pelo amor.
  Sermos solidários com o próximo e com a natureza são caminhos que muito auxiliará na evolução de todos os seres que habitam este planeta e desta forma, a vida poderá transcorrer com mais harmonia.
   Não podemos destruir a casa que DEUS nos emprestou para habitar e cada um de nós tem a sua parcela de responsabilidade em manter nosso lar - o planeta Terra - em paz.

APARECIDA

voltar