voltar

O DIREITO DE SER CRIANÇA

  A natureza segue seu ritmo respeitando seus ciclos. No reino animal, por exemplo, os filhotes passam algum tempo ao lado dos pais, para aprenderem e se prepararem para a vida, porém brincam e aproveitam esses momentos, onde com tanta curiosidade acabam despertando vários sentidos.
  No reino humano infelizmente a cada dia que passa, às crianças estão ficando adultas cada vez mais cedo. No entanto, somos elementos da natureza e como ela, deveríamos respeitar as fases, as quais a consciência passa em sua evolução e que faz parte de seu desenvolvimento.
  A criança hoje é incentivada a ser adulta antes do tempo.
  O uso da maquiagem, contaminando com produtos químicos os poros de uma pele tão sensível, sapatos com saltos altos, para uma coluna ainda em formação, roupas que incentivam o despertar da sensualidade, tirando a inocência da criança. Sem falar também em tantas responsabilidades. É aula de inglês, espanhol, natação, judô, e ainda os afazeres da escola. Dizem que é para ocupar o tempo, para que ela não venha a se envolver com drogas, como também para preparar-lhes para o futuro, pois há uma grande competição no mercado de trabalho.
  Porém e o tempo para brincar com os amigos. Amigos? Que amigos se cada um vive alienado em frente a uma televisão, jogando videogame, ou assistindo programas impróprios para sua idade.
  E o diálogo com os pais? Não há tempo, os compromissos não permitem. O importante é as notas.
  Cobranças!
  Que lembrança terá de sua infância?
  Como será a sua adolescência? Um jovem sem valores morais, onde a vida representa competição e bens materiais e que para se conquistar o que deseja, vale tudo, até retirar do caminho pessoas que estejam atrapalhando o seu intuito.
  É preciso rever atitudes em relação de como estão sendo tratadas as crianças de hoje, pois o resultado já se pode ver na mídia, onde filhos matam pais com tanta insensibilidade.
  Há tempo para tudo. Precisa-se apenas escolher as prioridades e muitas vezes saber renunciar.
  Não é o tênis de marca que é o mais importante e sim o momento de diálogo em torno da mesa na hora da refeição, atitudes simples que deixam lembranças positivas no coração de uma criança. É a convivência com os pais, as brincadeiras, o carinho, a atenção. Tudo isso é amor. Porém tudo depende dos valores que estão sendo passados para essa criança. Se o tênis de marca for tão importante para os pais, também o será para o filho. Então, não se poderá lamentar mais tarde, pois foi o valor que se foi plantado.
  Respeitemos o direito da criança de ser criança, aproveitando para cuidar dessa sementinha regando-a com ensinamentos nobres, formando assim um bom caráter, para que no amanhã ela floresça e de bons frutos e que principalmente, esteja de bem com a vida.

APARECIDA

voltar