voltar

CORPO FÍSICO - MENTAL

 CONCEITOS

 O Cosmos é um sofisticado sistema de produção de energias e o Corpo Mental é o instrumento que canaliza e direciona essas energias através do pensamento reproduzindo-os no ambiente físico e nas funções biológicas do corpo.
 O pensamento é a base da nossa consciência. Alguns exemplos de bases de consciência são: A religião, a família, o consumo/materialismo entre outros...
 Ao contrário do que muitos imaginam, o ato de pensar não é uma atividade da Alma, nem muito menos do Corpo Físico. Todos os pensamentos são originados no Corpo Mental.
 O pensamento é um campo de energia que configura o Corpo Mental com os nossos conceitos, rótulos, imagens, palavras, julgamentos e definições.
 Esse corpo se situa entre o físico e o Eu Interior - a Alma. É criado apenas como instrumento auxiliar da encarnação da Alma que fica acompanhando o processo em toda a sua amplitude, utilizando-o como valiosa instrumentação para interagir com o corpo físico.
 Não podemos acreditar que somos o Corpo Mental, às vezes criamos uma imagem mental de nós mesmos, porém somos muito mais do que nossos pensamentos – o velho chavão de que “Somos o que pensamos” não está correto – a Essência que somos, está além dos corpos Mental e Emocional. Manifesta-se através da Alma quando encarnados e como Mônada ou Espírito quando estamos nos mundos suprafisicos.
 Constituído de células energéticas que vibram na freqüência da cor amarela, quando totalmente em equilíbrio – condição pouco encontrada nos seres encarnados – atinge os matizes do amarelo forte ao esverdeado.
 É o corpo mais próximo da Alma, por isso o mais sutil do complexo da personalidade ou ego que é formada pelos corpos Mental, Emocional, Etérico e Físico.
 A energia do pensamento atua tanto no corpo físico, como se esparge no ambiente ao redor, por exemplo: quando se pensa em alguém e se depara com ele, quando se pensa em algo que pode dar errado e não se consegue realizar a atividade.


“O SIGNIFICADO DE SER “ESPIRITUALMENTE INCONSCIENTE”

 Não sabe discernir o ilusório do real.
 Tem dificuldade de avaliar seus próprios pensamentos ou o que se passa ao redor.
 Nunca está satisfeito consigo mesmo ou com a natureza vital.
 Tem dificuldade de se livrar das formas do Ego, principalmente o orgulho e a vaidade.
 Tem dificuldade em integrar-se na vida grupal.
 Senti-se separado da vida comum, gerando temores e inquietações.
 Quase sempre é agressivo com grande necessidade de auto-afirmação.
 Tem conceitos formados somente sobre sua própria personalidade.
 Despreza qualquer solicitação interna.

“PORQUE O CORPO FÍSICO MENTAL ADOECE”

 Estruturas mentais ou falsos valores:
 Crença na sua inferioridade
 Crença na sua superioridade
 Crença no medo
 Crença de rejeição

 A importância demasiada que damos as coisas materiais, obscurece o entendimento que o ser deve assumir em um trabalho ativo de purificação de seus pensamentos. Este procedimento faz com que a consciência se cristalize em condutas ultrapassadas, não permitindo que o corpo mental se conecte com o corpo da alma. Quando esse contato se perde, criamos os falsos valores, estruturas mentais que desgastam o corpo mental bloqueando a visão do ser para a realidade, causando insanidades que vão de simples trejeitos a complicadas esquizofrenias.
 As formas pensamento, são energias externas que também envolvem o corpo mental e influenciam o modo de pensar verdadeiro. Elas atuam no pensamento ditando normas e regras obrigando o ser a tomar determinadas medidas que o distancia da sua própria essência, do seu universo interior. Este afastamento induz o ser a participar da “Consciência de Massa” que é o conjunto de todo pensamento desajustado, fruto do pessimismo, de visões exageradas e irreais da humanidade. Isso tem como conseqüência o afastamento da possibilidade de nos guiarmos pelo sentido interior, perdendo a capacidade de estar em contínua invocação. Passamos então a utilizar a força do pensamento de maneira egoísta e nos distanciamos de um pensamento criativo.

Corpo Físico Mental com áreas de pontos apagados (regiões escuras)

MUDANDO OS VELHOS PADRÕES MENTAIS

 Um verdadeiro processo de cura não tenta reprimir a doença ou preocupa-se somente em afastar sintomas. Antes de tudo o paciente deve ser conscientizado que a ligação com níveis superiores de consciência é que o levará ao verdadeiro trabalho de cura.
 O fortalecimento do pensamento positivo é a base para um novo modo de viver sobre a Terra. Porém para tal, o ser deverá abandonar antigos lastros, rompendo com a prevalência do ego. Isso exige esforço e persistência que gera uma ação interna positiva, que nos desidentifica com a interação perniciosa que temos com a Consciência de Massa, isto é, temos que saber que não somos o pensamento dos outros, somos um modelo que corresponde a Força Original que nos trouxe ao mundo.

voltar