voltar

APRESENTAÇÃO

  O Projeto Renascer tem como principal finalidade auxiliar e incentivar o “renascimento para uma nova consciência” de todos aqueles que de alguma maneira se afinizam com a filosofia do trabalho, que foi programado para a etapa atual. Não foi criado no intuito de “eliminar sintomas”, mas sim “mudar vidas”.
  Utilizando como base este importante aspecto, cuidadosamente elaborou o presente trabalho criando, oportunidade de remover definitivamente o que nos impede de vivenciar plenamente a paz e felicidade que estão dentro de nós.
  O maior obstáculo para encontrarmos esse caminho está na ilusão de que somos criaturas separadas do “Todo” e vivermos nossas vidas pensando no passado ou fazendo planos para o futuro, nos tornando espiritualmente inconscientes. Muitos ignoram que tudo é controlado através de um “Grande Planejamento” e que recebemos tudo no momento e lugar certo, afinal, não acontece nada que não deva acontecer.
  O texto a seguir nos faz compreender como podemos acessar o planejamento de nossas vidas, utilizando o contato com nossos corpos espirituais. Alguns deles como o etérico, o emocional e o mental inferiores estão identificados com a matéria densa, porém outros mais elevados têm conceitos de superioridade e plena ciência do propósito supremo de nossas vidas.
  Ajudar a todos a acessar este contato é o objetivo primordial deste despretensioso trabalho.


CORPO FÍSICO

  CONCEITOS

    • É o instrumento que a Mônada ou Espírito utiliza para realizar experiências em planos de vibração densa, desenvolvendo ações que farão parte de sua trajetória evolucional.
    • Pode ter várias configurações, o humanóide é o que foi projetado para o plano da Terra.
    • É consciente apenas dos cinco sentidos físicos: Visão, Olfato, Tato, Paladar, Audição. Qualquer percepção de energias mais sutis, como a intuição, é produto da ação dos corpos espirituais.
    • Materializa a manifestação das emoções e pensamentos dos corpos espirituais, (estados triste / alegre, gosto / não gosto...)
    • Assume o papel de masculino ou feminino, tornando o gênero uma identidade, só entende a plenitude da vida com a vivência da analogia sexual.
    • Assume a forma do instinto, dos reflexos automáticos e do funcionamento automático dos órgãos internos.
    • Sua ligação com o plano espiritual é realizada através da manifestação do Corpo Etérico

        1- Corpo Físico
        2- Corpo Físico-Etérico
        3- Corpo Físico-Emocional
        4- Corpo Físico-Mental
        5- Corpo Espiritual ou Alma
        6- Corpo espiritual –Emocional
        7- Corpo Espiritual-Mental
        8- Corpo da Mônada ou Espírito

CORPO FISICO-ETÉRICO

  CONCEITOS

    • Também conhecido como Aura da Saúde, Energia Vital, Corpo Bioenergético, Ego...
    • Etérico deriva de “éter” estado intermediário entre energia e matéria.
    • Compõe-se de minúsculas partículas luminosas da cor entre o vermelho rubro e alaranjado.
    • Sua estrutura anatômica é idêntica a do corpo físico, inclusive os órgãos internos, sobre a qual se modela a matéria física.
    • Na visão clarividente, milhões de pequenos pontos brilhantes reluzem, deixando bem definidos o contorno do corpo, as linhas de energia por onde se move a energia vital (Meridianos Yin e Yang), como também os sete chakras principais.
    • É o corpo sutil onde são trabalhados os setes chakras e meridianos da acupuntura.
    • É a antena de captação de energias suprafisicas do emocional e mental inferior e superior.
    • É a ponte de ligação entre a matéria mais sutil e a matéria densa.
    • Veículo pelo qual o pensamento e a emoção se externam no corpo físico.
    • Sua pulsação é de aproximadamente de 60 a 90 pulsos por minuto (idêntica a da circulação sanguínea do corpo físico)
    • Para percebê-lo basta manter-se atento
    • Se você se concentrar em suas mãos notará que a energia flui de uma para outra.
    • Sua densidade e equilíbrio dependem do grau de “consciência espiritual” do Ser.

 Fotos Kirlian retiradas de dedos da mão do corpo físico, apresentando o campo de energia do Corpo Etérico (coloração azul e vermelha)

“O SIGNIFICADO DE SER “ESPIRITUALMENTE INCONSCIENTE”

 -Um ser espiritualmente inconsciente é “dominado” por seus pensamentos e suas emoções.
 -Muitas pessoas ainda estão identificadas com o fluxo do pensamento e a emoção compulsivo(efeito piloto automático).
 -Está sempre tentando realçar sua identidade, essa é uma das maneiras mais básicas pela qual a mente e a emoção física funcionam.
 -A atenção do mundo interior é desviada para o que é ilusório (mundo de Maya).
 -Sendo que a satisfação da mente e da emoção física tem vida curta, a busca pelo consumo, pelo poder, pela identificação com o “Eu” superficial é “constante”.
 -Não é capaz de identificar a plenitude da vida ao seu redor. Por exemplo, a Ordem Superior projeta sobre a terra a luz do sol para manutenção da vida, um ser espiritualmente inconsciente vê essa luz com fins egóicos (utiliza o sol “nas horas menos apropriadas” para bronzear seu corpo físico).
 -Sua percepção do Eu, está baseado em ter e ser, quanto mais eu tenho mais eu sou, tendo uma necessidade de querer sempre mais.

PORQUE O CORPO FÍSICO ADOECE

 Na maior parte das doenças, encontramos condições que refletem um estado emocional ou mental desarmonioso, gerados por conflitos internos e veremos que elas tem sempre por base, o fato de esquecermos quem somos. Esse processo origina a doença, enfraquecendo o corpo físico, deixando-o vulnerável as invasões de agentes patológicos.
 Muitos destes transtornos mentais ou emocionais são baseados em traços egóicos e extremistas como orgulho, cupidez, mentira, mágoa, ressentimentos, frustrações, depressão... Se não conseguimos administrar essas adversidades, algumas delas vivenciadas intensamente, vão se tornando feridas que corroem a estrutura energética do corpo Etérico, que fica carregado de energias negativas. Esse emaranhado energético impõe bloqueios (desequilíbrios do Yin e Yang), impedindo que a energia flua livremente por esse corpo, formando nódulos, tumores ou cistos de energia espúria que vão apagando as luzes de suas células energéticas.
 A falta de energia nas regiões “apagadas” do corpo Etérico, causam “paradas” nas células do corpo Físico, que deixam de receber a energia da força criativa primária, que vem dos corpos superiores, necessária para manutenção da vida.
 Uma vez sem energia e muito fracas, as células físicas iniciam o sistema doentio, causando a dor.
 Por sua vez, a dor é um mecanismo impingido no complexo energético que somos e nos adverte da necessidade de corrigir uma situação, dirigindo-nos a atenção para o fato de que algo em nós está errado, e nos cumpre fazer alguma coisa.
 Se ignorarmos o real sentindo embutido na dor, é ela que nos auxiliará a compreender de que modo o processo da doença está ocorrendo em nosso corpo, nos impelindo a pedir ajuda em busca da cura.

Corpo Etérico com áreas de pontos apagados (regiões escuras)


MUDANDO VELHOS PADRÕES

 Quando abandonamos o condicionamento mental e emocional deixamos de ser espiritualmente inconscientes e acima de tudo prisioneiros da dor e da insatisfação, filhos do dominador mundo material, que se constitui de aparência física, emoções, ressentimentos, etc... Esses aspectos nocivos antes de tudo devem ser reconhecidos por nós e definitivamente banidos do nosso processo reencarnatório.
 Para realizar esse trabalho, inicialmente, não podemos ignorar que fazemos parte do Universo e esta interação com o Todo se baseia em estarmos atentos as informações que nos chegam, como a“intuição”, a “voz na nossa cabeça”.
 Essas mesmas informações têm sempre duas origens: uma que costuma ser involuntária, automática e repetitiva. Sua base é o pensamento e a emoção inferior que alimenta o Ego e outra onde a criatividade, o amor e a compaixão se manifestam. Descem das fontes mais altas do Ser que realmente somos, ainda que brevemente as sentimos como um bem-estar profundo, uma paz interior que renova e nos deixa mais seguros no que vamos realizar.

voltar