voltar

SENTIDOS SUTIS DE MUNDOS INTERNOS

  Quando em sentido muito sutil a consciência percebe uma aproximação ou de que está sendo observada, certamente, isto está ultrapassando a normalidade dos sentidos físicos, porque obviamente não são os olhos físicos que estão observando, nem os ouvidos densos que estão escutando.

  O ser interno - o regente da consciência - insinua-se através de uma linguagem, que no plano físico ainda não se pode explicar. É uma voz sem som, um sentido no coração que vem do profundo da alma, trazendo avisos que chamam a atenção do ser para um determinado propósito.

  Quanto mais a personalidade se identifica com este sentido interno, mais claros são os contatos que passam de simples avisos, à diálogos instrutivos, que vão encaminhando o ser para novos e melhores rumos, pois se verdadeiramente esses contatos vêem de mundos internos é que as interações com a Força Regente são autênticas.

  A todo o momento essa conexão está disponível, vinte e quatro horas por dia no ar para atendimento imediato no que for preciso, porém seria muito mais proveitoso que a integração físico-espiritual, fosse antes de tudo muito mais preventiva, pois isto acarretaria em melhores decisões, não havendo necessidade para que estados corretivos de orientação e cura viesse socorrer o ser.

  A formação de uma consciência cósmica atualmente está em renascer a luz, que aguarda ansiosamente entrar em atividade no profundo do ser. O respeito pela opção do indivíduo a essa decisão é sagrado para a Força Regente, não interferindo jamais no livre-arbítrio, segue em silêncio, e em oração profunda aguarda confiante que a alma alçará seu vôo de libertação.

  Quando essa liberdade, esse sentimento de estar integrado no Todo, desata as amarras do já tão fragmentado ser, individualizado pelas densas camadas do plano físico, então com simplicidade a alma entrega o leme e se deixa conduzir amavelmente pela luz dessa força interna, que feliz e satisfeita pela vitória do ser, guia-o com segurança por águas tranqüilas até a redenção final.

  Parte desse plano já vos foi ofertado e esclarecido, pois vossos cinco sentidos mais densos já foram preparados para o que é inusitado.

  Quando em vossas consciências esta condição se vos apresentar com mais nitidez, não retardem vossos passos em expandir a visão que se apresenta, pois em contínuo trabalho o Regente Maior tenta vos atrair para as maravilhas de mundo sutis, que certamente, vos deslumbrarão, trazendo-vos satisfação bem maior que as efêmeras distrações que o mundo físico ilusoriamente vos oferece.

  Que não se retardem vossos passos em direção a essa luz.


EFRAIM-Uma consciência intraterrena de Davhana

Canal - José Roberto Gomes

voltar