voltar

A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA COMO FATOR DE EVOLUÇÃO

  Se a expansão da consciência fosse um fator claro na visão do ser de superfície, certamente aspectos de consideração negativa não atuariam neste plano e a importância de algo tão supérfluo, como o materialismo, estaria em prioridade bem baixa no que se refere às metas que esta humanidade tenta perseguir.

  Caso a consciência do homem se deixasse conduzir pela Força Maior que o rege, talvez a Lei do Karma já tivesse concluído seu papel de redireção dos caminhos daqueles que possam ter se desviado de sua rota original.

  O envolvimento com forças caóticas faz do ser um fantoche nas mãos de forças ocultas, com organizados setores que já se infiltraram nos planos densos da matéria, tanto materializados, como em planos imateriais ligados a Terra.

  Não há outro caminho para o homem, senão o despertar desse longo sono de inconsciência.

  Já tarda esse amanhecer e quanto mais esse dia demora a acordar, o homem perde precioso tempo que poderia estar aproveitando em seu bem-estar, já caminhando por trilhas de luz, que estaria levando-o para o paraíso tão almejado.

  A consciência materialista, encravada no fundo dos corpos físico, físico-etérico, físico-emocional e físico-mental do homem, nega-se a aceitar tal condução, porque iludido com as facilidades que a tecnologia física proporciona, perdeu o senso de liberdade de ser, pensar e sentir, sentidos esses hoje mecanizados em padrões destrutivos, criados pela ciência oculta, que cada vez mais tenta anestesiar a consciência humana, no sentido de guiá-la como cegos que estão. Tudo isso na finalidade de retardar a evolução humana, fazendo com que a luz não se expanda, criando limitações para manter reinados de senhores feudais, que ainda mergulhados no mar de lama do egoísmo, do orgulho do ostracismo tentam a todo custo manipular as frentes de luz que são abertas para dizimar as florestas negras da ignorância.

  Porém, a Força Maior misericordiosa que é segue seu caminho, pois não há como reter o papel que a “Criação” representa no cosmos e bondosamente deixa que o ser escolha seu caminho, embora que temporário na escuridão da ignorância, não interferindo em sua decisão. Sabe que o “Filho Pródigo”,certamente voltará à Casa do Pai e então, muito mais experiente saberá que a escolha de caminhos de paz e harmonia, na simplicidade de viver na grandeza do Pai, o trará para uma consciência de luz plena.

  Vossa força para vencer a inércia das limitações que o caos hoje tenta vos impor é poderosíssima.

  Que no silêncio de vossos corações, possais abranger os chamados que a Luz vos faz, atraindo-vos para mundos de vivências superiores e que isto vos expanda a consciência para um ser de luz que sois.


EFRAIM-Uma consciência intraterrena de Davhana

Canal - José Roberto Gomes

voltar